“Contramanual para tecnologias smart: algoritmo, controle, tempo”

Tema de Fernanda Bruno (UFRJ) para Mesa 6 – Algoritmos e Big Data: Violência e Controle na Sociedade Tecnológica

Uma parte significativa da paisagem de dados por onde trafegamos é modulada por algoritmos que alimentam-se de nossas ações, alegam ‘aprender’ com elas e nos ofertam uma paisagem personalizada que projeta o que supostamente desejamos ver, consumir, ouvir, ler, conhecer preferencialmente. Tais algoritmos, nutridos por imensos volumes de dados variados e dinâmicos, animam a vida secreta das tecnologias, ambientes, plataformas e serviços ditos inteligentes. Tão “smart” quanto opacos.

Como ver, apreender, narrar essas máquinas que nos fazem visíveis e que no entanto escapam à nossa percepção e ação? Como negociar com elas, como contestá-las, contrariá-las e eventualmente sabotá-las? Encaminharemos nesta conferência interrogações sobre as políticas de visibilidade, a escala e a agência do controle algorítmico, que incide especialmente sobre o tempo, sobre como ver adiante e agir antes.

Um comentário sobre ““Contramanual para tecnologias smart: algoritmo, controle, tempo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s