Fernanda Bruno

Professora do Instituto de Psicologia/UFRJ e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura/UFRJ. Coordena o CiberIDEA – Núcleo de pesquisa em tecnologia, subjetividade e cultura/UFRJ e é Pesquisadora do CNPq desde 2006. Atualmente, é Pesquisadora Visitante do CERI/Sciences Po e do Médialab/Sciences Po, Paris (2010-2011). Autora de livros e artigos sobre tecnologias de comunicação, cibercultura, subjetividade, visibilidade e vigilância. Entre suas obras mais recentes estão:

  • Máquinas de ver, modos de ser: informação, vigilância e subjetividade (Sulina, 2013)
  • Vigilância e Visibilidade: tecnologia, espaço e identificação (Org. com Firmino, R. e Kanashiro, M.; Sulina, 2010)
  • Limiares da imagem: tecnologia e estética na cultura contemporânea (Org. com Fatorelli, A.; Mauad, 2006)

Artigo:  “Maquinaria da Privacidade“, disponível na Revista Rua, revista do laboratório de estudos urbanos do Núcleo de Desenvolvimento e Criatividade.

Palestra: “Técnicas e estéticas da vigilância: corpo, imagem e máquina”, no cineclube Ciência em Foco, na Casa da Ciência da UFRJ, após a exibição do filme ‘Imagens da prisão’, de Harun Farocki.